Sankai Juku estreia em Paris e prepara temporada no Brasil

A companhia japonesa dirigida por Ushio Amagatsu realiza a première mundial de seu novo espetáculo em abril, no Théâtre de la Ville de Paris. Avesso a informações antecipadas sobre suas novas criações, Amagatsu mantém silêncio sobre seu próximo trabalho. Sabe-se apenas que, como todas as suas produções, terá 1h25 de duração e será dançada por sete intérpretes ao longo de sete cenas. Assim como em outros locais do mundo, a companhia possui plateias fiéis na França e o público comparece porque é Sankai Juku – e basta.

Em 2010 o público brasileiro também reverá o refinamento estético do Sankai Juku. De 9 a 23 de setembro o grupo tem apresentações confirmadas em Porto Alegre (no festival Porto Alegre em Cena), São Paulo (Teatro Alfa) e Salvador (Teatro Castro Alves). O espetáculo que o grupo trará ao Brasil é Tobari (foto), considerado um dos melhores de Amagatsu nos últimos tempos. Em japonês Tobari significa um tecido que separa o espaço em duas partes. Também pode ser entendido como a passagem do dia para a noite. No cenário de fundo negro dessa criação, 6.000 pontos de luz evocam estrelas de um universo cósmico que se reflete no chão. Desde que fundou o Sankai Juku, em 1975, Amagatsu soube manter a vitalidade de seu trabalho e construir uma identidade única dentro da dança butô.

Companhia: Sankai Juku
www.sankaijuku.com
Coreógrafo: Ushi Amagatsu
Programa: estreia mundial de novo espetáculo, ainda sem título, em Paris (França)
Quando: 26 de abril a 4 de maio/10
Onde: Théâtre de la Ville
www.theatredelaville-paris.com