Brasileiros são destaques do evento alemão Tanz im August

Destaques brasileiros marcam a edição de 2014 do Tanz im August, um dos mais importantes eventos de dança da cena internacional, que se realiza anualmente desde 1988 em Berlim (Alemanha). Eduardo Fukushima, de São Paulo, e Marcelo Evelin, do Piauí, estão na programação do festival, que apresentará 21 companhias e coreógrafos de 14 países diferentes, entre 15 e 20 de agosto.

Eduardo Fukushima vai apresentar três criações nos três primeiros dias do Tanz im August: Homem Torto (concebida entre 2012 e 2013), Como superar o grande cansaço (2009-2010) e Entre Contenções (de 2008). O material de divulgação do evento informa que tais trabalhos solos representam o début de Fukushima no Tanz in Ausgust e que introduzirão o público no fascinante estilo pessoal de movimento do artista brasileiro. “São solos que revelam o talento excepcional deste coreógrafo brasileiro de 30 anos”, ressalta a organização do evento.

Foto: Sergio Caddah
De repente tudo fica preto de gente, de Marcelo Evelin

Marcelo Evelin, piauiense que mantém projetos entre Brasil e Europa, onde viveu por 20 anos, apresentará De repente tudo fica preto de gente, criação que já integrou a programação do último Festival de Outono de Paris e da 1ª Mostra Internacional de Teatro (a MITsp), que se realizou em março em São Paulo. A obra é interpretada por um elenco de artistas de diferentes partes do mundo (Teresina, Kyoto, São Paulo, Ipatinga, Amsterdam) e investiga o conceito de massa, a partir do livro Massa e Poder, de Elias Canetti. Em um espaço compartilhado com o público, como se todos estivessem em um buraco negro, os performers com os corpos pintados de preto suscitam questões como o medo e a fascinação pelo desconhecido.

Virve Sutinen, diretora artística do Tanz im August, afirma que a programação deste ano é eclética mas não casual. “Procurando escapar de tendências e temas, traça um percurso através da dança contemporânea que mapeia alguns de seus mais urgentes conteúdos e questões”, ela diz, acrescentando que muitos dos artistas convidados lidam com questões sobre identidade e poder. A diretora ainda ressalta a necessidade do evento de lançar um olhar sobre a história, para traçar pistas nas quais funciona a memória.

Com artistas de diferentes gerações e formações, o Tanz im August 2014 inclui coreógrafos celebrados, como a belga Anne Teresa de Keersmaeker, a francesa Maguy Marin e o britânico Michael Clark, além de companhias consagradas, como a sueca Cullberg Ballet. Grupos que associam dança e teatro, como o norte-americano Big Dance Theater, também participam do evento, que procura ainda sensibilizar o público infantil. Em Sensational, do grupo espanhol Imaginart, crianças de 18 meses a três anos poderão explorar um espaço lúdico, onde serão estimuladas a lidar com imagens, sons e música, especialmente associados e concebidos para tal faixa etária.

Tanz im August: www.tanzimaugust.de    

Foto: Urban Joren
Cena de Plateau Effect, espetáculo do Cullbert Ballet, presente na programação do Tanz im August 2014
Foto: Loi Bonjoch
Cena de Sensational, do grupo espanhol Imaginart, concebido para crianças entre 18 meses e três anos.