Fortier instala sua cabana em Londres

Um dos pioneiros da nova dança canadense, Paul André Fortier está em plena forma criativa. Seu trabalho tem tido boa repercussão na Europa, pelas idéias originais e corajosas, como o solo 30×30, uma partitura coreográfica de 30 minutos. Dançado na rua, ao ar livre, durante 30 dias consecutivos, foi visto em Londres e Lyon. Agora, com Cabane, Fortier apresenta um dueto construído a partir de um diálogo delicado com um amigo, o músico, escritor e artista plástico Rober Racine. Como numa peça de Beckett ou num filme de Buster Keaton, eles envolvem o público num universo poético, surrealista, cheio de efeitos especiais “feitos à mão”, em torno de uma cabana de madeira e poucos objetos, apenas com a “tecnologia” da emoção, feita do encontro entre dois seres humanos. Uma das descobertas para não se perder no festival Dance Umbrella deste ano.

Peça: Cabane
Companhia : Paul André Fortier
Coreógrafo : Paul André Fortier
Quando: 7, 10 , 11 e 12 outubro
Onde: diferentes locais / Londres
Preço: 10 £
www.danceumbrella.co.uk