T.F.Style Cia de Dança apresenta ELO no Sesc Vila Mariana

ELO, nova criação da T.F.Style Cia de Dança, é descrita pelo grupo como uma “proposição poética para espaços alternativos”. A peça foi criada coletivamente pelo elenco, uma proposta que dá continuidade aos processos de pesquisa das duas últimas obras do núcleo: Sob a Pele (2016) e Carne Urbana (2017). A concepção e direção são de Igor Gasparini, que também está em cena.

Empenhado em propor um pensamento contemporâneo sobre o hip hop, a T.F.Style aprofunda com ELO questões que têm sido trabalhadas pela companhia nos últimos anos. “Na instalação coreográfica Carne Urbana decidimos romper com a lógica do palco italiano e trazer o público para a cena, deslocando-se pelo espaço, aproximando e afastando das proposições cênicas. Isso fez com que pensássemos uma dança em 360 graus, para ser vista de qualquer ângulo e espaço. Com ELO, aprofundamos essas possibilidades de encontro com o público em espaços múltiplos”, diz Igor.

Segundo o diretor, a escolha de apresentar o trabalho em espaços alternativos e traçar um diálogo imediato com o público e com o local reforçam as relações que precisam ser construídas por meio do afeto e do encontro. “O trabalho apresenta uma porosidade possível para cada lugar que ocupar. Nosso entendimento de ELO não tem relação com corrente, que aprisiona, mas com algo que espirala – um laço, uma fita, algo que pode ser feito, desfeito e enroscado”, diz.

Em 2019, ELO foi premiado pela APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) como melhor espetáculo (estreia) do ano.

Foto: Isis Gasparini

 

ELO segundo a companhia T.F. Style

“Eu, que somado ao outro, crio o entendimento de nós: desatados, desacorrentados, mas unidos pelo brincar, pelo mover, pelo afeto. ELO configura-se como uma proposição poética para espaços alternativos que dialoga corpo, arquitetura e público em busca de outro olhar para a cidade, habitando o invisível. Qual a urgência deste corpo hoje? Contra a pulsão de morte, só o atrito que gera empatia e alteridade. Um exercício para tornar visível uma perspectiva da cidade pelo encontro com o outro.

Corpos em desvios poéticos que buscam a anarquia dos afetos. Um pulsar pela empatia. É o sorriso como convite e o corpo como morada do outro. O que sensibiliza? Como você exercita a empatia? Tocar foi, ainda é, e para sempre será, a verdadeira revolução. Nem ele, nem ela. ELO.”

Foto: Isis Gasparini

Ficha Técnica – Direção geral e concepção: Igor Gasparini. Intérpretes-criadores: Arthur Alves, Igor Gasparini, Lucas Pardin, Luiz Paulo Raguza, Marcia Marcos, Maria Emília Gomes, Maju Kaiser, Pasha Gorbachev, Natália Moura e Ruan Trindade. Provocação corporal: Igor Gasparini, Jorge Garcia, Thiago Alixandre, Eliseu Corrêa, Anelise Mayumi e Ricardo Galli. Concepção e criação de som: Carlos Ranoya. Figurinos: Carolina Sudatti e Naira Amaral. Fotos: Isis Gasparini. 

Foto: Isis Gasparini

Sobre a T.F.Style Cia de Dança

O T.F.Style Cia de Dança investiga a dança urbana contemporânea e pesquisa as possibilidades de exercitar um pensamento contemporâneo sobre o hip hop. Esta investigação concentra-se em descobrir novas possibilidades corporais a partir de técnicas de diferentes danças urbanas, mas desenvolvendo um trabalho autoral, marcado por um percurso de investigação das sensações que estimulam esses corpos a partir da individualidade dos intérpretes.

A pesquisa parte das danças urbanas, mas vai transformando suas bases, criando e modificando suas referências, desenvolvendo uma pesquisa particular. O grupo T.F.Style teve início em 2002, sob direção de Igor Gasparini. A partir de 2007, com a direção artística de Frank Tavantti e com o desenvolvimento do elenco, surge o T.F.Style Cia de Dança, passando a existir enquanto companhia de dança na cidade de São Paulo, destacando-se justamente por esse diferencial: ser um dos núcleos pioneiros na investigação da dança urbana contemporânea. O grupo foi contemplado pela 20ª e 24ª edição do Programa de Fomento à Dança da Cidade de São Paulo (2016 e 2018) e pelo Edital PROAC de circulação de espetáculos de dança no Estado de São Paulo.

Foto: Isis Gasparini
Onde:
Sesc Vila Mariana
Praça de Eventos
Quando:
1º de fevereiro/2020
15h
Quanto:
Grátis
Info:

Rua Pelotas, 141, Vila Mariana, São Paulo (SP), tel. (11) 5080-3000.

Duração: 50 minutos.