“Sagrado Seja o Caos”, protagonizado por oito mulheres, em apresentações em três palcos de São Paulo

Sagrado Seja o Caos é um espetáculo protagonizado por oito mulheres – Ana Pina, Beatriz Santos, Jeniffer Mendes, Karen Marçal, Potira Marinho, Rafaela Alencar, Sabrina Ferreira e Thaina Souza – que expressa a perspectiva de reexistir, como em uma gangorra que sustenta a instabilidade, o desequilíbrio e o balanço das sensações descontroladas.

Produção da Dentre Nós Cia. de Dança, Sagrado Seja o Caos é dirigido por Jeniffer Mendes e Sabrina Ferreira, junto com Rivaldo Ferreira, bailarino e coreógrafo que dirige a companhia.

Sagrado Seja o Caos estreou em dezembro de 2021 no festival Satyrianas, antes de cumprir temporada virtual. Agora, neste janeiro de 2022, realiza circulação presencial em espaços parceiros de São Paulo – Teatro Arthur Azevedo, na Mooca; Oficina Cultural Oswald de Andrade, no Bom Retiro, e Teatro Paulo Eiró, em Santo Amaro.

Foto: Marcos Alonso

O espetáculo compartilha com o público as inquietações que permearam o processo criativo, em meio à presente desordem, fundado na busca constante pela cura, que deságua no silêncio e na solidão do existir.

Em seus cinco anos de trajetória, completados em 2021, a Dentre Nós Cia. de Dança vem pesquisando e aprofundando seus estudos do “corpo redemoinho”, que nunca para, que dialoga e movimenta o fluxo das relações, enxergando nesse contexto a dicotomia entre o ser e o estar. Os intérpretes criadores que integram o grupo – jovens artistas da cena contemporânea, oriundos da periferia da cidade de São Paulo – buscam refletir sobre a sua identidade enquanto corpo coletivo, pesquisando temas que emergem do seu cotidiano, e seguem perguntando: Somos o caos ou estamos no caos?

A criação de Sagrado Seja o Caos é parte de projeto contemplado pela 29ª edição do Programa Municipal de Fomento à Dança para a cidade de São Paulo – Secretaria Municipal de Cultura.

Foto: Marcos Alonso

Ficha técnica – Direção geral e artística: Rivaldo Ferreira | Núcleo de direção: Jeniffer Mendes, Rivaldo Ferreira e Sabrina Ferreira | Assistente e ensaiador: Richard Pessoa | Intérpretes-criadoras: Ana Pina, Beatriz Santos, Jeniffer Mendes, Karen Marçal, Potira Marinho, Rafaela Alencar, Sabrina Ferreira e Thaina Souza | Colaboradoras: Eduarda Ryan, Lima Dorta e Fabiana Vintem | Estagiárias: Talita Neves e Alice Rodrigues | Figurino: Gabriela Araujo | Crochê: Anai Ayroza Galvão Angerami | Direção trilha: Rubens Oliveira | Músicos: Di Ganzá, Tamires Silveira, Denis Duarte | Voz: Bruna Brack | Texto e voz: Karen Marçal | Direção de iluminação/Fotografia: Juliana Jesus | Iluminador: Rafael Oliveira | Auxiliar de iluminação: Eliana Anjos | Fotografia: Marcos Alonso e Dionísio Produção | Direção audiovisual e montagem: Pri Magalhães (Nome Filmes) | Direção de fotografia audiovisual: Koji Freemind | Assistente de fotografia: Nikole Mendes | Cenário: Dentre Nós Cia de Dança | Provocação: Anelise Mayumi, Douglas Iesus e Morena Nascimento | Psicanalista: Andréia Araujo | Designer gráfico: Felipe Pardini | Assessoria de imprensa: Elaine Calux | Produção: Júnior Cecon | Direção de produção: Cristiane Klein (Dionísio Produção) | Agradecimentos: CRD – Centro de Referência da Dança, Aquiali Dança e Cultura e Oficina Cultura Oswald de Andrade.

Foto: Marcos Alonso
Onde:
Teatro Arthur Azevedo (14 a 16 de janeiro)
Oficina Cultural Oswald de Andrade (19 e 20 de janeiro)
Teatro Paulo Eiró (21 a 23 de janeiro)
Quando:
14 a 23 de janeiro/2022
Quanto:
Grátis
Info:

Apresentações presenciais:

14, 15 e 16 de janeiro/2022 – sexta e sábado, 21h; domingo, 19h

Teatro Arthur Azevedo

Av. Paes de Barros, 955 – Alto da Mooca, São Paulo (SP). Tel: (11) 2604-5558.

 

19 e 20 de janeiro/2022 – quarta e quinta, 19h

Oficina Cultural Oswald de Andrade,

Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro, São Paulo (SP). Tel: (11) 3222-2662.

 

21, 22 e 23 de janeiro/2022 – Sexta e sábado, 21h; domingo, 19h

Teatro Paulo Eiró

Av. Adolfo Pinheiro, 765 – Santo Amaro, São Paulo (SP). Tel: (11) 5686-8440.

 

*Obs: Obrigatória apresentação de passaporte vacinal

Classificação etária: 18 anos.

Duração: 45 minutos.