Jorge Garcia e elenco apresentam “Plano Sequência / Take 2” no Centro Cultural São Paulo

Plano Sequência / Take 2, de Jorge Garcia, volta à cena, agora no espaço de apresentações do porão do Centro Cultural São Paulo (CCSP).

Obra em constante evolução, sempre em diálogo com os lugares onde acontece, Plano Sequência / Take 2 situa-se na interseção entre espetáculo de dança e gravação de filme, evidenciando os fluxos de trânsitos e possíveis relações entre a tecnologia e os corpos. Desta vez, se redescobre na arquitetura incomum do CCSP.

Foto: Leandro Moraes

A performance aponta para um campo ainda pouco explorado, que a companhia de Jorge Garcia define como “coreocinegrafia”. As pesquisas de linguagem da obra começaram em 2015, com a parceria do cineasta Heitor Dhalia (O Cheiro do Ralo). Segundo Garcia e seu elenco, Plano Sequência / Take 2 é um convite para mergulhar no interior dos mecanismos que sustentam uma ficção – e se reconhecer, coletivamente, como parte de um plano maior de eventos. A dramaturgia se dá pela vivência no espaço, pela utilização das técnicas que permeiam a dança e o cinema e pelo desejo intuitivo de registrar uma ação.

Em cena, junto do músico Eder “O” Rocha, que compõe e executa a trilha original, os performers dançam, filmam, operam equipamentos e apoiam-se mutuamente na construção do acontecimento. O público pode assistir, em tempo real, à gravação de um filme sem cortes (em plano sequência), cujas cenas, baseadas em coreografias, jogos cênicos e improvisações orientadas, se encadeiam fluidamente.

Por Plano Sequência / Take 2, a Jorge Garcia Companhia recebeu o Prêmio APCA –Associação Paulista dos Críticos de Arte – de Melhor Espetáculo/2019, o Prêmio Denilto Gomes de Dança, e a indicação ao Prêmio Governador do Estado de melhor coreografia.

As apresentações integram projeto contemplado pela 31ª edição do Programa Municipal de Fomento à Dança para a Cidade de São Paulo, da Secretaria Municipal de Cultura.

Foto: Leandro Moraes

Ficha Técnica – Direção geral: Jorge Garcia | Assistência de coreografia: Irupé Sarmiento | Interpretação: Luciane Fontanella, Karen Marçal | Artistas convidados: Dani Moraes, Felipe Teixeira e Jonatan Vasconcelos | Trilha sonora ao vivo e original: Éder “O” Rocha | Design de luz: Jorge Garcia e Ari Buccioni (in memoriam) | Operação de luz: Rossana Boccia | Técnico audiovisual: Flavio M. Silva | Aulas de Chi Kung: Irupé Sarmiento | Aulas Self Treatment Training: Luciane Fontanella | Aulas Corpo Câmera: Felipe Teixeira | Aulas de dança contemporânea: Jorge Garcia e Dani Moraes | Workshop de coreocinegrafia: Jorge Garcia e elenco | Design gráfico: Sonaly Macedo | Mídias sociais: Juliana Vinagre | Registro em foto: Leandro Moraes e Silvia Machado | Assessoria de imprensa: Elaine Calux | Produtores/colaboradores Dionísio Produção: Lívia Império, Wesley Mendes, Flávia Santos, Thomas Calux e Raissa Castilho | Produtor: Júnior Cecon | Coordenadora de produção: Cristiane Klein (Dionísio Produção).

Onde:
Centro Cultural São Paulo
Espaço Cênico Ademar Guerra
Quando:
3 a 7 de agosto/2022
Quarta a sexta, 21h
Sábado, 19h e 21h
Domingo, 20h
Quanto:
Grátis
Info:

Rua Vergueiro, 1.000,  Paraíso, São Paulo (SP), tel. (11) 3397-4002.

Classificação etária: 16 anos.

Duração: 60 minutos.