Cia Fragmento de Dança estreia ‘Do Improvável’

Do Improvável, nova criação da Cia Fragmento de Dança, de São Paulo, estreia neste abril de 2021, com apresentações diárias, em horários diferentes, transmitidas pelo canal do YouTube da companhia.

O trabalho, iniciado em 2020, quando o novo coronavírus surgiu como o maior desafio mundial da atualidade, tem, nos sonhos que brotam do solo fértil do inconsciente, matéria prima para ativar sensações e produzir conteúdos que expressam, por meio de sons, símbolos e metáforas, o momento de vida de cada um, individual e coletivamente.

“Sonhar pareceu fazer muito sentido. Fomos invadidos por um desejo de sonhar e de aprender que os sonhos, do sono ou na vigília, importam. Neles, somos presas e predadores, viajamos para tentar encontrar as nossas sombras e ouvir o que elas têm a dizer sobre nós”, afirma Vanessa Macedo, diretora da companhia e da peça.

Os integrantes da companhia começaram, então, a registrar os sonhos, contar sobre como eles faziam (ou não) parte de suas vidas, e esses relatos passaram a ser um motivo para os encontros enquadrados numa tela de zoom. Acompanhada por diários e coleções de sonhos, a companhia seguiu, por quase um ano, como foi possível.

Foto: Marcela Guimarães

Da necessidade de construir outros sentidos para a pesquisa de imbricação entre obra e vida, relação que a companhia desenvolve há anos como proposta de linguagem cênica, surgiu também o desejo de se aproximarem de pessoas com vontade de experienciar um processo de criação e estar no palco pela primeira vez. Assim, foram realizados oito “encontros poéticos” destinados necessariamente a quem não vive o ambiente profissional das artes cênicas. E quatro participantes se somaram aos cinco intérpretes da companhia.

Por um breve período, conseguiram se reunir presencialmente, semear ou continuar alimentando alguns impulsos, mas logo foram atropelados de novo pelo agravamento da pandemia, e tudo parou mais uma vez. Sem tempo para o convívio, na impossibilidade de se tocarem, em meio à instabilidade e o caos que passaram a ser um lugar diário na vida de todos, dentro e fora do espaço de criação, surgiram sentimentos ambíguos e confusos, como os próprios sonhos.

A partir dos depoimentos pessoais que permeiam o trabalho, pressupondo a recriação da experiência original, e de propostas de interação com o público, mesmo no modo virtual, a companhia realiza o desejo recorrente de criar um pacto com o espectador, anunciando que estão todos ali, a compartilhar suas vidas, misturadas na obra.

Assim, entre histórias, confissões, memórias e sonhos, personagens magníficos, obscuros, habitantes do universo onírico ganham forma, confundem quimera e mundo real, num desfile que pontua o ritmo ascendente em direção à catarse. Enquanto lá fora tudo permanece quieto.

Do Improvável conta com provocação dramatúrgica de Bruna Betito e Janaína Leite, Maitê Molnar na assistência de direção, Sandro Borelli na luz e Thainá Souza na montagem e edição da trilha sonora. Vinícius Francês e Osmar Zampieri respondem pela captação de imagens. Daíse Neves assina o figurino e José Toro Moreno as máscaras de bichos.

Este projeto foi realizado com apoio do Programa Municipal de Fomento à Dança para a Cidade de São Paulo – Secretaria Municipal de Cultura.

Foto: Marcela Guimarães

Ficha Técnica – Concepção, coreografia e direção: Vanessa Macedo. Assistente de direção e coreografia: Maitê Molnar. Artistas Cia Fragmento de Dança: Cristiano Saraiva, Diego Hazan, Maitê Molnar, Thainá Souza, e Vinicius Francês. Artistas convidados: Gabriela Ramos, Laís Bittencourt, Marcela Guimarães e Zé Caetano. Provocação dramatúrgica: Bruna Betito e Janaína Leite. Iluminação: Sandro Borelli. Montagem e edição de trilha sonora: Thainá Souza. Seleção de músicas: Thainá Souza, Vanessa Macedo e Zé Caetano. Voz off: Dona Dai, Isadora Macedo, Leticia Mantovani, Mônica P. Leal, Vanessa Macedo e Vinicius Francês. Figurino: Daíse Neves. Máscaras de bichos: José Toro Moreno. Câmera transmissão on-line do ensaio aberto:  Vinicius Francês. Direção de vídeo, cinematografia e edição: Osmar Zampieri. Operação de câmera: Osmar Zampieri, Vinicius Francês e Yuki Guimarães. Fotos e vídeos de divulgação: Marcela Guimarães. Design gráfico: Letícia Mantovani. Marketing digital: Ubuntux Publishing. Assessoria de imprensa: Elaine Calux. Produção executiva: AnaCris Medina / Jasmim Produção Cultural.

Onde:
http://www.youtube.com/ciafragmento2
Quando:
1 a 11 de abril/2021
Quintas às 21h
Sextas e sábados às 22h
Domingos às 19h
Segunda, terça e quarta às 20h
Quanto:
Grátis
Info:

Canal do YouTube da companhia:

www.youtube.com/ciafragmento2

Classificação etária: 16 anos.

Duração: 55 minutos.