Cia. Fragmento de Dança – À la Carte

À La Carte, nova criação da Cia. Fragmento de Dança, que estreia na Oficina Cultural Oswald de Andrade, é resultado de três residências artísticas do projeto Dança depoimento em contágio.

Realizadas no Espaço Cultural Casa da Vila, na Oficina Cultural Oswald de Andrade, e no Coletivo Calcâneo, as residências se desdobraram em uma imersão no Kasulo Espaço de Cultura e Arte, sede da companhia Fragmento, com parte dos envolvidos.

A pesquisa parte do interesse em discutir o depoimento e a experiência de alteridade na construção da cena. Espaços privados e públicos se atritam para fazer perceber o que se produz a partir da relação eu-outro, como reconhecer o que nos é estrangeiro e o que se deseja produzir a partir desses encontros. “É possível estarmos juntos?” foi a questão disparadora de ideias.

Foto: Alex Merino
À La Carte: cena de ensaio

Composto de entrada, prato principal e sobremesa, À La Carte se baseia em depoimentos pessoais, imagens e memórias de infância, relações e proposições grupais, temperadas com uma pitada de política, convidando o público a escolher o que será degustado em forma de dança.

“Um processo de criação, inevitavelmente, passa por memórias. Nos remetemos a nós mesmos em alguma atuação ou construção de um personagem. Para mim, depois de todas as pesquisas feitas, o que diferencia na dança-depoimento ou no teatro do real ou no cinema-documentário, não é o processo de criação, mas o pensamento disso como linguagem que acontece por meio do pacto com o público. A partir de como esse pacto é firmado, a relação muda e vai diferenciar a própria dramaturgia e a recepção do espectador”, comenta Vanessa Macedo, diretora da Fragmento de Dança.

Concebido e dirigido por Vanessa Macedo, o trabalho conta com 14 artistas em cena, cinco integrantes que compõem o elenco atual da Cia. Fragmento de Dança – Chico Rosa, Diego Hazan, Letícia Mantovani, Maitê Molnar e Vinicius Francês, e outros nove convidados – Ana Clara Poltronieri, Cristiano Saraiva, Gabriela Branco, Gervásio Braz, Joelma Souza, Júlia Lima, Larissa Pretti, Rafael Barzagli e Thainá Souza. A iluminação é de André Prado e Daise Neves assina o figurino.

O projeto Dança Depoimento em Contágio foi contemplado pela 24ª Edição do Programa de Fomento à Dança para a Cidade de São Paulo.

 

Onde:
Oficina Cultural Oswald de Andrade
Quando:
14 a 23 de fevereiro/2019
Quintas e sextas às 20h
Sábados às 18h
Quanto:
Grátis
Info:
Rua Três Rios, 363, Bom Retiro, São Paulo (SP), tel. (11) 3222-2662. Estação de metrô: Tiradentes. Duração: 70 minutos. Classificação etária: 14 anos. Ingressos grátis: distribuição 1h antes do início da apresentação.

Os comentários estão desativados.