Cena 11 Cia. de Dança apresenta ‘Anátema 02’ no Sesc Belenzinho (SP)

Anátema, segundo o dicionário, é o substantivo relacionado à excomunhão, maldição, aquilo que é marginalizado. Dentro dessa e outras premissas, a companhia de dança Cena 11, de Florianópolis (SC) cria a movimentação de Anátema 02, definida como segundo ato da recente pesquisa do grupo.

Foto: Karim Serafim

Neste espetáculo, o grupo Cena 11 explora as relações cinéticas e friccionais do gesto com o ambiente em que atua, interpelando a concepção de estar, permanecer e partir. A narrativa sensorial se desenvolve com cinco mulheres em cena, dividida em três ações, tendo a plateia em posicionamento fixo relacionado com cada ação. A concepção de luz promove a ambientação que encorpa o texto coreográfico.

A paisagem sonora erigida a partir de ruídos, grunhidos, vozes e percussões, traz em seus microcosmos um painel imersivo, dando fluidez à cena. A expansão na relação corpo, som, objeto provoca a incorporação do trânsito constante entre linguagens, convocando o movimento para desterritorializar seus saberes performativos.

Foto: Karim Serafim

Ficha técnica – Criação, direção e coreografia: Alejandro Ahmed. Criação e performance: Aline Blasius, Bárbara Elias, Letícia Lamela, Luana Leite, Natascha Zacheo, Hedra Rockenbach. Iluminação e coordenação de montagem: Hedra Rockenbach. Assistência de direção: Mariana Romagnani. Assistência de ensaio: Malu Rabelo. Produção e direção de figurino: Karin Serafin.

Foto: Karim Serafim

Sobre Cena 11:

A companhia de dança Cena 11 desenvolve e compartilha ferramentas técnicas fundamentadas nas relações entre corpo, ambiente, sujeito e objeto como variáveis de um mesmo sistema vivo, que existe enquanto dança. Seus projetos de pesquisa e formação confluem teoria e prática no entendimento de dança e atravessam as definições de corpo, tratando tecnologia como extensão e expansão do corpo propriamente dito. A companhia surgiu e é radicada na cidade de Florianópolis (SC) e atua há 25 anos na produção artística de dança, tendo se tornado referência da área. Um núcleo de criação com formação em várias áreas compõe a base para uma produção artística, em que a ideia precisa ganhar expansão num corpo e se organizar como dança. O grupo propõe, por meio de um elenco   estável, a organização coletiva através das singularidades de cada integrante.

Foto: Karim Serafim
Onde:
Sesc Belenzinho
Sala de Espetáculos I
Quando:
19 a 21 de julho/2019
Sexta e sábado às 21h30
Domingo às 18h30
Quanto:
R$ 20; R$ 10; R$ 6
Info:

Rua Padre Adelino, 1.000, Belenzinho, São Paulo (SP), tel. (11) 2076-9700. Estação de metrô: Belém.

Duração: 50 minutos.

Classificação etária: 16 anos.

www.sescsp.org.br/belenzinho