Balé da Cidade de São Paulo estreia “Muyrakytã”, em comemoração ao centenário da Semana de Arte Moderna de 1922

A programação do Theatro Municipal de São Paulo que celebra os 100 anos da Semana de Arte Moderna de 1922 conta com apresentações do Balé da Cidade de São Paulo em um novo programa, com duas coreografias – a estreia de Muyrakytã, de Allan Falieri, e Isso dá um baile!, de Henrique Rodovalho, que estreou em outubro de 2021.

Foto: Divulgação / @Stig
"Muyrakytã"

Muyrakytã, segundo Falieri, se constrói a partir da seguinte questão: o que seria a força do movimento da Semana de Arte Moderna em 2022? “Tomamos as palavras de Mário de Andrade – o passado é lição para refletir, não para repetir – como motor para uma vez mais romper os paradigmas estabelecidos nos dias de hoje, refletir e indagar os passados 100 anos, as fissuras dos detalhes da tão idealizada identidade brasileira. Um atravessamento entre passado e presente para exaltar as singularidades e multiplicidade da nossa gente”.

Allan Falieri, nascido no Rio de Janeiro, tem ampla experiência na Europa, onde dançou em importantes companhias – Béjart Ballet Lausanne (1997), Ballet Gulbenkian (2002) e Nederlands Dans Theatre (2005-2009).

Muyrakytã marca o início de gestão de Cassi Abranches, que assumiu a direção artística do Balé da Cidade em setembro de 2021.

Ficha técnica de Muyrakytã – Concepção e coreografia: Allan Falieri. Música original: Beto Villares. Dramaturgia: Fabiana Nunes. Figurino: Alexandre dos Anjos. Desenho de luz: André Boll. Ensaiadoras: Carolina Franco e Roberta Botta. Preparação de elenco: Irupé Sarmiento e Preta Kira.

Foto: Stig de Lavor
"Isso dá um baile!"

Já a criação de Henrique Rodovalho – Isso dá um baile! – tem como referências os bailes funk das favelas cariocas. O “passinho”, mistura de estilo de dança e movimento cultural surgido no início dos anos 2000, é o mote da coreografia.

“O espetáculo é um grande baile, no qual o elenco vai chegando, trazendo as suas histórias e desejos e estabelecendo a arte do encontro. Ou melhor, do reencontro da dança com sensações de liberdade nos movimentos, que têm como inspiração o ‘passinho’, estilo de dança que surgiu de forma espontânea nos bailes funks das comunidades da cidade do Rio de Janeiro”.

Ficha técnica de Isso dá um baile! – Coreografia e desenho de luz: Henrique Rodovalho. Trilha sonora: Heavy Baile, Leo Justi e Theo Zagrae. Vídeo: Cauã Csik. Produção executiva do vídeo: MangoLab. Figurino: Cássio Brasil. Ensaiadora: Roberta Botta. Consultoria: Celly IDD e Neguebites.

Onde:
Theatro Municipal de São Paulo
Quando:
16 a 27 de fevereiro/2022
Quarta a sexta-feira às 20h
Sábado e domingo às 17h
Quanto:
R$ 10 a R$ 80 (inteira)
Info:

Theatro Municipal de São Paulo: Praça Ramos de Azevedo, s/nº, Centro, São Paulo (SP). Estações de metrô: Anhangabaú e República.

Duração total do espetáculo: 70 minutos.

Classificação etária: livre