Balé da Cidade de São Paulo estreia ‘Biblioteca de Papel’

O novo espetáculo do Balé da Cidade de São PauloBiblioteca de Papel – tem como origem a produção Biblioteca del Corpo, dirigida por Ismael Ivo, que estreou em 2012 no projeto L’Arsenale dela Danza, da Bienal de Veneza, na Itália.

O conto Biblioteca de Babel, do escritor argentino Jorge Luiz Borges, é a fonte de inspiração da obra. Inserido no livro Ficções, este conto de Borges fala de uma biblioteca com uma infinidade de livros, os quais refletem todas as possibilidades da realidade. Entre as várias interpretações possíveis, o conto é visto como uma grande biblioteca à espera de quem decifre seus textos – uma metáfora da própria realidade e da sociedade da informação.

Foto: Fabiana Stig

No espetáculo Biblioteca de Papel, os corpos são compreendidos como um livro e, cenograficamente, os bailarinos surgem em cena arquivados em uma prateleira, como uma espécie de arquivo humano. Em um primeiro momento, eles estão isolados, “encaixotados”, cada um no seu mundo.

“Mas o ‘livro individual’ precisa ser aberto para que se descubra seu conteúdo, pois ali estão impressos todos os aspectos e informações: qualidades, defeitos, talentos, ajustes, desajustes e infinitas vivências do homem”, diz Ismael Ivo, atual diretor artístico do Balé da Cidade de São Paulo.

No momento em que representa a ruptura, através do confronto de ideias, o espetáculo procura suscitar questões como aceitação, inclusão e tolerância. Biblioteca de Papel também faz alusão ao mito da Torre de Babel, em que uma ventania derrubou a enorme torre construída para alcançar o céu e espalhou os cidadãos com idiomas diferentes pelo mundo, defrontando-os com as próprias diferenças.

Foto: Fabiana Stig

Ismael Ivo desenvolveu a ideia e o conceito do espetáculo junto com Marcel Kaskeline, que também assina a cenografia de Biblioteca de Papel.

A coreografia é de Ismael, os figurinos de Gabriele Frauendorf e o desenho de luz de Marco Policastro.

Foto: Fabiana Stig
Onde:
Theatro Municipal de São Paulo
Quando:
14 a 16 e 19 a 23 de junho/2019
Quarta a sábado às 20h
Domingo às 18h
Quanto:
R$ 12 a R$ 80
Info:

Praça Ramos de Azevedo, s/nº, Centro, São Paulo (SP), tel. (11) 3053-2100. Estações de metrô: Anhangabaú e República.

Os ingressos podem ser comprados pelo site www.eventim.com.br ou na bilheteria do teatro.