Alvin Ailey American Dance Theater

A histórica companhia norte-americana, fundada em 1958 pelo coreógrafo Alvin Ailey (1931-1989) e ainda esbanjando vitalidade, volta ao Brasil com a reapresentação do clássico Revelations nos dois diferentes programas desta temporada. Desde julho de 2011 a Alvin Ailey American Dance Theater é dirigida por Robert Battle. Até então a direção artística do grupo coube a Judith Jamison, bailarina que foi ícone do elenco enquanto Ailey era vivo e que o substituiu quando ele morreu. Foi a própria Judith que escolheu Battle.

Na atual temporada em São Paulo serão apresentados dois programas.

O programa A (quinta, sábado e domingo às 16h) reúne From Before, obra de 1978 de Garth Fagan; Takademe (1999), de Robert Battle; Grace (1999), de Robert K. Brown, e Revelations, concebida em 1960 por Alvin Ailey.

O probrama B (somente no domingo às 20h), além de Revelations, inclui Four Corners (2013), de Ronald K. Brown, Strange Humors (1998), de Robert Battle, e Minus 16 (1999), de Ohad Naharin.

Alvin Ailey American Dance Theater é símbolo da cultura afro-americana na dança moderna. A essência artística da companhia se expressa plenamente em Revelations, que até hoje sensibiliza plateias de todo o mundo (já foi vista por mais de 23 milhões de pessoas de 71 países de seis continentes). Ao som de gospels e blues, evoca temas atemporais de determinação, esperança e transcendência.

Os 30 excepcionais bailarinos da Alvin Ailey American Dance Theater se revezam nas demais coreografias que, em comum, são permeadas por elementos étnicos. No programa B vale notar Minus 16, do consagrado coreógrafo israelense Ohad Naharin. Com uma trilha que vai de músicas de Dean Martin a mambo, techno e composições tradicionais israelitas, a obra usa improvisação e a aclamada linguagem de movimentos “gaga”, criada por Naharin e que pode ser utilizada tanto por bailarinos profissionais quanto por pessoas leigas em dança. Minus 16 é um tributo de Naharin à memória de sua esposa, Mari Kajiwara (1951-2001), que criou um dueto da obra e que foi bailarina de destaque no elenco de Alvin Ailey, de 1970 a 1984.

Onde:
Credicard Hall
Quando:
Quinta e sábado às 21h; domingo às 16h e 20h
Quanto:
R$ 25 a R$ 320
Info:
Credicard Hall: av. das Nações Unidas, 17.955, tel. (11) 4003-5588, São Paulo (SP). Capacidade: 3.578 lugares. Acesso para deficientes, ar condicionado, estacionamento (R$ 40). Duração do espetáculo: 90 minutos. Classificação etária: livre (menores de 12 anos acompanhados pelos pais ou responsáveis). Ingressos à venda na bilheteria (diariamente, das 12h às 20h), por telefone com entrega a domicílio e pagamento de taxa de conveniência e ainda pela internet, http://premier.ticketsforfun.com.br/content/outlets/agency.aspx. Meia entrada mediante apresentação de documento previsto por lei.