Sônia Mota fala sobre a Arte da Presença, técnica de sua autoria sobre a qual ministrará oficina no Estúdio Oito Nova Dança, em São Paulo

Há 30 anos radicada na Alemanha, Sônia Mota estará em São Paulo em maio para realizar no Estúdio Oito Nova Dança uma oficina sobre sua técnica, a Arte da Presença, conjugada a Danças Haikunianas.

A Arte da Presença (leia texto de Sônia Mota abaixo) reflete uma pesquisa que se baseia na busca do indivídio atrás de cada artista ou bailarino. As Danças Haikunianas foram desenvolvidas a partir dos princípios de simplificação e sintetização da técnica poética Hai Kai, na linguagem corporal.

Na oficina que realizará no Estúdio Oito Nova Dança, Sônia pretende transformar em pequenas cápsulas poéticas/dançantes (individuais e coletivas) as questões políticas atuais do Brasil, escolhendo como fonte de inspiração o estado de medo (latente ou agudo) em oposição ao de rebeldia (latente ou aguda) do ser humano.

Foto: Meyer Originals

Sobre a Arte da Presença

Técnica de dança contemporânea

Por Sônia Mota

Arte da Presença é um sistema de treino da dança, realizado a partir de questionamentos pessoais referentes a algumas posturas das técnicas clássica e moderna da dança, conjugados com ideias e conceitos de Alexander Rowen, Ana Rolf, Fritjof Capra e Ken Dichtwald. A técnica se desenvolveu também através das dicas amorosas de grandes amigos, de minha empatia pela filosofia Zen e do meu profundo desejo de integrar corpo, mente e espírito no ato de dançar. Em vez de criar uma nova linguagem, me preocupei mais em transformar, restaurar, readaptar, reorganizar os códigos clássicos e modernos da dança. 

Arte da Presença passou por três longas e distintas fases para se estabelecer como método: quatro anos de Rompimento, 15 anos de Reconstrução e sete anos de Restituição.

Para Romper foi preciso instaurar o caos na ordem estabelecida, desaprender o aprendido.

Para Reconstruir foi preciso reorganizar o caos, criar novas texturas de movimentos, recolocar tudo de novo nos seus devidos lugares, modificados.

Para Restituir foi preciso reduzir, sintetizar o material redescoberto, reabsorvê-lo e dar o tempo natural para a sua nova manifestação. 

A Arte da Presença respeita mais os conceitos de dinâmica, textura e individualidade do movimento do que os conceitos da forma em si. Lida com o confronto de duas diferentes realidades: a realidade constante dos valores sociais e culturais da sociedade e a realidade imprevisível e indomável do ser humano que habita a sociedade.

A Arte da Presença, sem ser meditação, acentua a maneira individual de dançar do dançarino; sem ser uma técnica da improvisação, improvisa com as regras do dançar.

A Arte da Presença se estabelece através dos seguintes princípios:

.    a consciência da força da gravidade

.    a eliminação do eixo central em favor dos eixos laterais

.    o diálogo/jogo entre as polaridades do corpo

.    as qualidades de projeção e absorção do movimento

.    o relaxamento muscular para facilitar a liberdade das articulações ósseas

.    o uso do universo imagético na condução e execução dos movimentos

.    a eliminação do compromisso de acerto

.   o estado de não ação na ação

Criada em 1976, a Arte da Presença vem sendo aplicada desde então e até a presente data, na Europa e no Brasil.

Serviço:

Oficina Arte da Presença e Danças Haikunianas, por Sônia Mota

Quando: 24 a 26 de maio; 31 de maio, 1 e 2 de junho; 7 a 9 de junho/2019. Sextas-feiras das 19h às 22h. Sábados e domingos das 10h às 14h. Dia 9/6 das 10h às 16h.

Onde: Estúdio Oito Nova Dança. Rua Grajaú, 534, Sumará, São Paulo (SP). Estação de metrô: Sumaré.

Quanto: R$ 750 (curso completo). R$ 300 (1 final de semana). R$ 120 (aula avulsa).

Informações e inscrições: estudiooito@novadanca.com.br. Telefone (11) 2478-9194.

Anterior Próxima