Dança é destaque na MITsp 2020: ‘Multidão’ (‘Crowd’), da francesa Gisèle Vienne, abre a mostra

Gisèle Vienne, uma das figuras centrais da dança contemporânea francesa, é destaque na MITsp, Mostra Internacional de Teatro de São Paulo, que se realiza de 5 a 15 de março, em vários locais de São Paulo. O coreógrafo português João Fiadeiro também está na programação, além da ruandense Dorothée Munyaneza e da suíça Julie Beauvais. Andreia Pires, com a Inquieta Cia., do Ceará, é a artista brasileira em foco.

Espaço cultural Centro da Terra inaugura programação de dança com curadoria de Diogo Granato

A dança ganha programação especial e contínua no Centro da Terra, espaço cultural independente de São Paulo, encravado no subsolo de um edifício no bairro de Perdizes. ‘Performances-Observatório’, de Beth Bastos e Núcleo Pausa, e ‘Gume’, da Spio Orquestra e Antônima Cia. de Dança, inauguram as apresentações em fevereiro. Em março, entram em cartaz os espetáculos ‘À Mesa’, de Henrique Lima, e ‘A Cabra’, de Marina Abib. A curadoria é do bailarino e coreógrafo Diogo Granato.

Prêmio Denilto Gomes escolhe destaques de 2019

Em sua sétima edição, o Prêmio Denilto Gomes, criado pela Cooperativa Paulista de Dança, destaca 13 categorias. Como propósito primordial, a organização ressalta: “difundir e reconhecer o trabalho do artista paulista, que faz da sua arte um instrumento de produção constante de pensamento crítico, reflexão e humanidade, preservando o enorme arcabouço histórico da dança brasileira”.

‘William Forsythe: Objetos coreográficos’ marca a primeira exposição brasileira de um dos mais instigantes coreógrafos da dança contemporânea

Realizada pelo Sesc Pompeia (SP), a exposição tem curadoria de Forsythe Produções em colaboração com Veronica Stigger. A entrada é gratuita e o evento é livre para todas as faixas etárias. Em diálogo com a arquitetura do espaço cultural projetado por Lina Bo Bardi, a mostra proporciona uma experiência lúdica e criativa, estimulando questões sobre o movimento.